sheik
casa da linguiça
Magaldi
CARMENS TOPO
CANOAS e GRAVATAÍ

Polícia Civil acaba com laboratório de ecstasy e prende traficante

Após a lavratura do procedimento policial o preso foi encaminhado ao sistema prisional.

14/08/2019 11h03Atualizado há 4 meses
Por: Fabrício Vieira
Fonte: Agência GBC
82

Os agentes da 3ª Delegacia de Polícia de Canoas fecharam um laboratório de ecstasy, em Gravataí. Um homem de 29 anos foi preso em flagrante por tráfico.

Segundo a Polícia Civil, os policiais passaram cerca de 30 dias investigando o local no bairro Neópolis. A propriedade era uma verdadeira linha de produção de drogas sintéticas. Os agentes localizaram mais de 1893 comprimidos da droga prontos para consumo e material para produzir mais de 10.000 comprimidos de ecstasy. O produto seria distribuído em Canoas e em outras cidades da Região Metropolitana.

O material apreendido está avaliado em mais de R$200 mil. Dentre as apreensões, foram localizados mais de meio quilo de Metilenodioximetanfetamina / MD (princípio ativo do Ecstasy), mais de 2kg de insumos (substâncias para misturar a droga), corantes ( tonalizantes para droga), prensas, moldes/formas com figuras diversas para produção dos comprimidos, um veículo de luxo (Toyota Corolla).

O delegado Pablo Queiroz Rocha, que coordenou a ação, destacou que a ação qualificada e certeira dos agentes resultou em uma das maiores apreensões de ecstasy e materiais para produção da droga. Já o diretor da 2ª DPRM – Regional de Canoas/RS, delegado Mario Souza, ressaltou que essa foi “mais uma ação cirúrgica e qualificada da Polícia Civil. Interrompemos uma verdadeira Linha de Produção Ecstasy”.

Após a lavratura do procedimento policial o preso foi encaminhado ao sistema prisional.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários