sheik
casa da linguiça
Magaldi
CARMENS TOPO
Polícia Civil

Condenada a 37 anos de reclusão por estupro de vulnerável é presa em Canoas

A prisão foi realizada pelos policiais civis no bairro Mathias Velho, em Canoas.

12/10/2019 11h27Atualizado há 1 semana
Por: Fabrício Vieira
210
Presa
Presa

Policiais Civis da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, coordenados pelo Delegado Pablo Queiroz Rocha, após investigações, prenderam uma mulher de 37 anos, condenada a mais de 43 anos de reclusão por estupro de vulnerável. A prisão foi realizada pelos policiais civis no bairro Mathias Velho, em Canoas.

Os policiais civis da DPCA/CANOAS cumpriram o mandado de prisão condenatória emitido pela comarca de Canoas. A mulher de 37 anos de idade, foi localizada e presa. Após os trâmites legais, foi encaminhada ao sistema prisional.

Segundo o Delegado Pablo a condenação se deu por fato ocorrido no ano de 2017, investigação feita pela DPCA CANOAS, com indiciamento do casal, tendo o homem sido preso já em 2017 e a mulher somente presa agora, com o trânsito em julgado da condenação criminal.
O cumprimento imediato das ordens de prisão é compromisso de celeridade e eficiência da DPCA perante o Judiciário e a sociedade, a quem se destinam todos os atos de Polícia Judiciária.

O Diretor da 2 Delegacia de Polícia Regional Metropolitana - 2DPRM - Delegado Regional Mario Souza, esclarece que “o enfrentamento aos crimes contra as crianças e adolescentes são prioridade.”

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários