CARMENS TOPO
Magaldi
casa da linguiça
sheik
INDÚSTRIA AUTOMOTIVA

INDÚSTRIA AUTOMOTIVA | Nexteer expande fábrica e abre 100 vagas na zona norte de Porto Alegre

A indústria prevê investir R$ 57 milhões na expansão e abrir 100 empregos diretos, segundo nota da prefeitura de Porto Alegre.

11/10/2019 12h13Atualizado há 1 semana
Por: Fabrício Vieira
74
Marchezan (esquerda) visitou a unidade e comunicou sobre aprovação de projetos e estudos
Marchezan (esquerda) visitou a unidade e comunicou sobre aprovação de projetos e estudos
A Nexteer Sistemas Automotivos recebeu sinal verde para expandir a fábrica na zona norte de Porto Alegre. A indústria prevê investir R$ 57 milhões na expansão e abrir 100 empregos diretos, segundo nota da prefeitura de Porto Alegre. Nesta quinta-feira (10), a empresa recebeu o aval do município para projetos da ampliação. A previsão é de concluir o investimento até o fim de 2020.   

O empreendimento foi incluído no programa do Fundo Operação Empresa do Estado do Rio Grande do Sul (Fundopem), gerando inventivos fiscais baseados na geração de ICMS. O prefeito Nelson Marchezan Júnior foi á unidade, no bairro São João, e comunicou que os projetos arquitetônicos e o Estudo de Viabilidade Urbanística (EVU) foram aprovados pelas áreas técnicas da prefeitura
A unidade situada na Capital fornece bombas de direção hidráulica, semieixos e direção elétrica para montadoras. A Nexteer tem fabricação em Porto Alegre desde 1998. Com a expansão, a empresa pretende ampliar sua capacidade de produção que é escoada hoje para unidades da Fiat, em Minas Gerais, Peugeot, no Rio de Janeiro e na Argentina, e Renault, no Paraná. 

O vice-presidente e diretor de operações Europa, Oriente Médio, África e América do Sul da Nexteer Automotive, Hervé Boyer, reforçou que "a América do Sul é estratégica e Porto Alegre foi uma das cidades selecionadas para fazer parte do grupo", segundo nota da prefeitura. "Nosso objetivo é usar a cidade para aplicação desses produtos e torná-la uma espécie de excelência para nossos produtos no Brasil”, associa o vice-presidente.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.