CARMENS TOPO
casa da linguiça
sheik
GOVERNO

"Missão extremamente difícil", diz Leite sobre regularizar salários até o fim do ano

Manifestação foi feita durante apresentação do processo de elaboração do Orçamento 2020

05/08/2019 15h42
Por: Fabrício Vieira
Fonte: Correio do Povo
51

O governador Eduardo Leite (PSDB) classificou, na manhã desta segunda-feira, como uma "missão extremamente difícil" a promessa de campanha de colocar em dia os salários do funcionalismo estadual até o final do ano. Ressalvou, porém. que a promessa "não é impossível", e que o governo desenvolve uma série de ações para gerar receitas extraordinárias que permitam a regularização mesmo que a adesão do Estado ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF) não ocorra neste segundo semestre. Ele não quis detalhar quais são as iniciativas, justificando que "muitas exigem condição de restrição de serem faladas."

Ao tratar do assunto, o governador elencou quatro diferentes passivos deixados pela administração de José Ivo Sartori que teriam impactado negativamente as projeções iniciais sobre a disponibilidade de recursos para 2019. Eles somam R$ 4 bilhões, conforme o tucano. "Arcamos com a quase totalidade da folha de dezembro, com o 13° dos servidores e com o fato de que receitas previstas para janeiro foram antecipadas para dezembro. Fora o passivo da saúde. São R$ 4 bilhões do orçamento deste ano com despesas do passado. Isso torna especialmente difícil esta missão (pagar em dia), mas não impossível", disse. 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários