• Porto Alegre, 24/06/2024
  • A +
  • A -
Publicidade

Preço dos combustíveis pode subir a partir desta terça-feira como reflexo da “MP do Fim do Mundo”

Os postos de combustíveis têm a liberdade de formação do preço final.

Portal O Sul
Preço dos combustíveis pode subir a partir desta terça-feira como reflexo da “MP do Fim do Mundo” Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Publicidade

De acordo com os sindicatos que representam os revendedores, as distribuidoras de combustíveis estão avisando as respectivas redes de postos sobre aumento dos preços a partir desta terça-feira (11).

Os motivos do aumento seriam os efeitos da Medida Provisória (MP) 1.227, enviada ao Congresso na semana passada pelo Ministério da Fazenda, que restringe as compensações de créditos de PIS e Cofins e está sendo chamada de “MP do Fim do Mundo”.

O Instituto Brasileiro do Petróleo e Gás (IBP) calculou a variação da gasolina entre 4% a 7%, o que representaria de R$ 0,20 a R$ 0,36 a mais no preço, e a do diesel entre 1% a 4%, de R$ 0,10 a R$ 0,23 por litro. O IBP projetou em R$ 10 bilhões o impacto da MP somente nas empresas de distribuição de combustíveis.

Os postos de combustíveis têm a liberdade de formação do preço final, então podem repassar totalmente a alta para o consumidor, segurar parte dela ou até recompor margem de lucro, aumentando ainda mais o preço na bomba.

Das três maiores distribuidoras do País, apenas a Ipiranga enviou comunicado formal à rede de postos.

“Prezado cliente, comunicamos que na próxima terça, dia 11 de junho de 2024, em adição à dinâmica habituais de repasses, os nossos preços de gasolina, etanol e diesel serão reajustados em função do efeito imediato da MP 1227/24, que restringiu a compensação de créditos tributários de PIS/Cofins”.

Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.