casa da linguiça
sheik
CARMENS TOPO
Magaldi
Ossada Humana

Polícia investiga caso de ossada de restos humanos encontrado em matagal de Canoas

Ossada foi encontrada no bairro Fátima, com auxílio de cães farejadores

04/12/2019 12h43Atualizado há 2 dias
Por: Fabrício Vieira
55

A Polícia Civil investiga um caso relacionado à localização de restos humanos em um matagal na avenida Guilherme Shell, no bairro Fátima, em Canoas, na região Metropolitana. A investigação está a cargo da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) sob comando do delegado Thiago Carrijo.

No sábado passado, um corpo carbonizado foi encontrado e a suspeita é de que seja de um homem, de 25 anos, que foi morto com uma barra de aço por um colega de trabalho. A vítima estava desaparecida desde o dia 23 de novembro passado. O autor do crime, de 43 anos, foi preso pelos agentes na residência que fica na área.

Para surpresa dos policiais civis, que realizaram as buscas no terreno com auxílios de bombeiros militares com cães farejadores, uma ossada humana também foi localizada. Nessa terça-feira, os policiais da DPHPP encontraram mais duas pernas e um pé no mesmo local. O trabalho de varredura terá prosseguimento visando verificar a existência de outros restos humanos.

Na manhã desta quarta, o diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (2ª DPRM), delegado Mario Souza, avaliou que é muito prematuro apontar que o homem que matou o colega esteja ligado à ossada humana e aos membros esquartejados que, por sua vez, podem ser de uma mesma pessoa.  “Não temos ainda certeza. Os laudos periciais serão fundamentais”, observou, confirmando várias linhas de investigação sobre o caso.

#poa24hs

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários