sheik
casa da linguiça
Magaldi
CARMENS TOPO
sheik
HOMICÍDIO

HOMEM SUSPEITO DE ESPANCAR E MATAR COLEGA COM BARRA DE AÇO É PRESO EM CANOAS

HOMICÍDIO É ESCLARECIDO EM CANOAS

02/12/2019 12h04Atualizado há 2 semanas
Por: Fabrício Vieira
41

Policiais civis da  Delegacia de Polícia de Homicídios e de Proteção à Pessoa, coordenados pelo Delegado Thiago Carrijo, dando prosseguimento à  repressão aos crimes contra a vida, prenderam o homem de iniciais L.L. e de 43 anos de idade. 

O homem foi preso pelo homicídio ocorrido provavelmente no dia 23/11/2019, ocasião em que teria discutido com M.G.F. e vindo a lhe matar com instrumento contundente (Barra de aço), a vítima estava desaparecida desde o dia 23/11/2019, após familiares informarem o ocorrido foi identificada uma testemunha presencial, a qual contou todo o ocorrido, no local foi possível notar a veracidade dos fatos relatados pela testemunha.

Equipe da DPHPP/CANOAS coordenados pelo Delegado Thiago Carrijo fizeram buscas nas margens da Av. Guilherme Shell em Canoas. Os bombeiros com equipe de cães apoiaram a operação.

Nas últimas investigações foi localizado um corpo parcialmente carbonizado, provável corpo de M.G.F., após mais buscas foi localizada uma ossada e local diverso do primeiro corpo, ainda sem identificação, o acusado está preso preventivamente.

O Delegado Carrijo esclarece que “as investigações continuam” e que “outras ações serão realizadas.”

O Diretor da 2 Delegacia de Polícia Metropolitana - 2 DPRM, Delegado Mario Souza, afirma que “o combate aos crimes contra a vida é prioridade na região”, e que “no local que houver crimes contra a vida as ações da polícia terão mais energia.”

Após os trâmites legais o acusado será encaminhado ao sistema prisional.

#poa24hs

DENÚNCIAS ANÔNIMAS

LINHA DIRETA (51) 3425 9015

E-MAIL www.pc.rs.gov.br

WHATS (51) 98459 0259

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários