sheik
casa da linguiça
Magaldi
CARMENS TOPO
No Comando

Bolsonaro pede que brasileiros não deem 'munição ao canalha'

Manifestação vem após ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ser solto, nesta sexta-feira

09/11/2019 13h39Atualizado há 2 semanas
Por: Fabrício Vieira
53
Presidente concluiu tuíte com seu slogan de sua campanha
Presidente concluiu tuíte com seu slogan de sua campanha

O presidente Jair Bolsonaro pediu neste sábado que o povo "não dê munição ao canalha, que momentaneamente está livre", no dia seguinte da libertação do líder da esquerda Luiz Inácio Lula da Silva.

"Amantes da liberdade e do bem, somos a maioria. Não podemos cometer erros. Sem um norte e um comando, mesmo a melhor tropa, se torna num bando que atira para todos os lados, inclusive nos amigos. Não dê munição ao canalha, que momentaneamente está livre, mas carregado de culpa", tuitou Bolsonaro.

Em um segundo post, o presidente da República escreve: "Iniciamos a (sic) poucos meses a nova fase de recuperação do Brasil e não é um processo rápido, mas avançamos com fatos". E repete: "Não dê munição ao canalha, que momentaneamente está livre, mas carregado de culpa".

POA24HS

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários