Magaldi
casa da linguiça
CARMENS TOPO
sheik
Homem Nada Comum

Ozzy Osbourne confirma lançamento de novo disco e divulga single [vídeo]

'Ordinary Man' conta com a participação de músicos do Guns N'Roses e Red Hot Chili Peppers

08/11/2019 14h37Atualizado há 5 dias
Por: Fabrício Vieira
33
Ozzy liberou o primeiro single do seu próximo álbum de inédita nessa quinta-feira (7)
Ozzy liberou o primeiro single do seu próximo álbum de inédita nessa quinta-feira (7)

Ozzy Osbourne confirmou que vai lançar um novo disco de inéditas em 2020, conforme divulgou o site Pitchfork. O álbum se chamará "Ordinary Man", o primeiro em quase 10 anos, e contará com a participação do baixista Duff McKagan (Guns N' Roses"), o baterista Chad Smith (Red Hot Chili Peppers) e o produtor Andrew Watt na guitarra. 

Em nota divulgada à imprensa, Ozzy contou um pouco sobre a história de produção de "Ordinary Man", que começou com um convite da filha Kelly Orbourne para trabalhar em uma música do Post Malone. "Minha primeira reação foi 'quem diabos é o Post Malone?'", questionou. "Fui à casa de Andrew e depois que terminamos a música, ele disse: 'você estaria interessado em começar um álbum?' e eu disse 'seria ótimo, mas agora acho que não quero trabalhar em um estúdio por seis meses", contou.

Apesar de confessar que não teria forças o suficiente para concluir o disco, ele contou que Andrew o incentivou. "Eu realmente espero que as pessoas escutem e gostem, porque eu coloquei meu coração e alma neste álbum", afirmou. 

Ozzy acrescentou que "Ordinary Man" é "possivelmente o álbum mais importante que eu já fiz há muito tempo". Ele já divulgou, nessa quinta-feira, uma música do álbum: "Under the Graveyard". O seu último álbum solo, intitulado "Scream", foi lançado em 2010. 

POA24HS

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários