casa da linguiça
Magaldi
CARMENS TOPO
sheik
PREJUÍZO

Proprietários de clínica geriátrica são suspeitos de utilizar cartão de idosa para fazer compras em Porto Alegre

Segundo a Polícia Civil, casal de proprietários teria causado um prejuízo de aproximadamente R$ 160 mil para a vítima

06/11/2019 18h31Atualizado há 2 semanas
Por: Fabrício Vieira
Fonte: G1 RS
156

A Polícia Civil cumpriu quatro mandados de busca e apreensão na manhã desta quarta-feira (6) contra proprietários de uma clínica geriátrica suspeitos de utilizarem o cartão de uma idosa para fazerem saques e compras em Porto Alegre.

Segundo a Polícia Civil, o casal de proprietários teria causado um prejuízo de aproximadamente R$ 160 mil para a vítima.

"A família verificou os extratos do cartão e da conta corrente da idosa. Inúmeros saques, quase diários, e inúmeras compras. [Familiares] foram até as lojas buscar segunda via de nota fiscal, e suspeitaram dos proprietários da clínica onde a idosa estava residindo há alguns meses", conta a delegada responsável pela investigação, Cristiane Pires Ramos.

 

Conforme a polícia, o casal comprou com o dinheiro da idosa uma televisão de 65 polegadas, três fornos, pares de tênis, roupas, cosméticos, além de grande quantidade de produtos em supermercados.

"Alguns vendedores chegaram a reconhecer por fotografia o proprietário [da clínica] como sendo o cliente que adquiriu os bens", afirma a delegada.

Cristiane relatou que, durante o cumprimento dos mandados, a polícia conseguiu recuperar alguns bens.

"Na ação, foram recuperados dois televisores e dois micro-ondas. As televisões estavam instaladas na casa de um dos proprietários", esclarece.

A clínica fica na Zona Sul de Porto Alegre. O casal de proprietários está sendo investigado por apropriação de bens de idoso, com pena prevista de até quatro anos de reclusão.

A idosa, após prestar depoimento, foi para a casa da família.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários