Magaldi
casa da linguiça
CARMENS TOPO
sheik
Polícia Civil

Guerra entre facções é interrompida pela Polícia Civil em Porto Alegre

Ação policial já resultou na apreensão de dinheiro, drogas, armas e outros objetos

12/10/2019 11h07Atualizado há 7 dias
Por: Fabrício Vieira
462
Ação policial já resultou na apreensão de dinheiro, drogas, armas e outros objetos
Ação policial já resultou na apreensão de dinheiro, drogas, armas e outros objetos

O começo de uma nova escalada de violência entre duas facções criminosas foi interrompido pela Polícia Civil em Porto Alegre. No início da manhã desta sexta-feira, a 3ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (3ª DPHPP) desencadeou a operação Tríade na vila São Borja, no bairro Sarandi, na Zona Norte da Capital. Quatro prisões foram feitas durante o cumprimento de seis mandados de busca e apreensão pela equipe do delegado Cassiano Cabral.

“Tivemos quatro homicídios nos últimos dez dias no bairro, o que nos indica o possível início de uma nova guerra entre facções pelo domínio”, avaliou a diretora do Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa, delegada Vanessa Pitrez. “Não vamos permitir que isso continue”, assegurou. Os agentes estiveram ainda em Cachoeirinha.

Cabral afirmou que os traficantes da vila São Borja “tem realizado ofensivas contra o grupo que comando tráfico de drogas no bairro Sarandi em geral, sob domínio de uma facção”. De acordo com o titular da 3ªDPHPP, a operação foi antecedida por várias ações realizadas desde a sexta-feira passada, sendo efetuadas duas prisões no período. “Vamos continuar com a ofensiva”, garantiu. “Queremos também descapitalizar as facções”, acrescentou.

A operação Tríade já apreendeu até o momento cerca de R$ 30 mil em dinheiro, em torno de um quilo de cocaína, cerca de 400 gramas de crack, duas espingardas calibres 12, dois revólveres calibres 38, uma pistola calibre 380, munição, mais de 15 celulares provavelmente roubados, entre outros objetos.

O delegado disse que R$ 21 mil dos cerca de R$ 30 mil referem-se somente ao lucro do tráfico dessa semana. Centenas de eppendorfs usados para o acondiciona de cocaína, material de embalagem, radiocomunicadores, tabletes, películas de celulares, relógios e balanças de precisão, também foram recolhidos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.