casa da linguiça
sheik
CARMENS TOPO
Magaldi
Saúde

Segundo dia de greve do Imesf afeta atendimento em 23 postos de saúde da Capital

Conforme balanço da secretaria de saúde, 15 unidades estão totalmente fechadas e outras oito estão com funcionamento parcial

10/10/2019 12h30Atualizado há 1 semana
Por: Fabrício Vieira
61
Posto de Sáude
Posto de Sáude

Ao menos 23 postos de saúde da Capital tiveram atendimento afetado na manhã desta quinta-feira, em função do segundo dia de greve dos servidores do Instituto Municipal de Estratégia de Saúde da Família (Imesf). De acordo com balanço parcial da Secretaria Municipal de Saúde, 15 unidades estão totalmente fechadas e outras oito estão com funcionamento parcial. Ainda segundo a pasta, a estimativa da Secretaria é que 79 mil pessoas estejam sendo afetadas nos postos que estão fechados e outras 51 mil nos locais que estão com atendimento parcial.

Neste segundo dia de paralisação, os servidores participam de uma audiência pública promovida pela Frente Parlamentar em Defesa da Estratégia de Saúde da Família. O encontro ocorre na Câmara de Vereadores da Capital. No início da tarde, uma manifestação está prevista para ocorrer em frente ao Hotel Plaza São Rafael, na área central da cidade, onde o prefeito Nelson Marchezan Jr. estará participando de uma reunião-almoço. A intenção dos trabalhadores é buscar a abertura de uma mesa de negociação com o Executivo para que se possa encontrar uma solução após o anúncio da extinção do Instituto.

Unidades fechadas

US Batista Flores
US Chácara do Banco
US Esperança Cordeiro
US Jardim Protásio Alves
US Lami
US Mato Sampaio
US Milta Rodrigues
US Passo das Pedras II
US Safira Nova
US Santa Maria
US Timbaúva
US Vila Brasilia
US Vila Pinto
US Vila Safira
US Wenceslau Fontoura

Unidades com funcionamento parcial

US Ernesto Araújo
US Alto Embratel
US Macedônia
US Mario Quintana
US Nossa Senhora das Graças
US Osmar Freitas
US Pitinga
US Santa Anita

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.