CARMENS TOPO
sheik
casa da linguiça
Magaldi
Polícia

Mulher argentina é presa com 13 quilos de drogas no Aeroporto Salgado Filho

Mulher alegou não saber de conteúdo escondido em sua mala com substâncias ilegais

12/09/2019 13h32
Por: Fabrício Vieira
41
Cão farejador confirmou presença de substância
Cão farejador confirmou presença de substância

Uma mulher foi presa na noite desta quarta-feira com mais de 13 quilos de drogas no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre. De acordo com a Receita Federal, ela é argentina e transportava 10,8 kg de MDMA, uma droga sintética, e 2,4 kg de comprimidos de ecstasy.

A passageira voltava de Amsterdã, capital da Holanda. De acordo com o depoimento colhido pelos agentes da Receita Federal, ela viajou para o país europeu direto de Buenos Aires, e lá permaneceu por cerca de 30 dias. Na volta, ela saiu de Portugal e veio primeiro para Porto Alegre, e apenas após isso voltaria a Buenos Aires.

Em seu depoimento, a mulher de 35 anos alegou que não sabia que estava transportando as substâncias ilegais. Entretanto, segundo o chefe de vigilância e repressão da Receita no Salgado Filho, Erno Edson Cunha, ela apresentou muito nervosismo, causando suspeita. Com o auxílio de um cão farejador, os agentes encontraram as substâncias no forro da mala.

Presa em flagrante, a argentina foi encaminhada à superintendência da Polícia Federal (PF) e depois deve ser conduzida ao presídio feminino Madre Pelletier. Esta foi a terceira apreensão de drogas sintéticas feita no Salgado Filho no último mês. De acordo com os agentes da Receita Federal, isso mostra que Porto Alegre se tornou o meio do caminho da rota de drogas. Segundo a análise deles, como o eixo Rio-São Paulo é mais visado, os traficantes optam por descer em Porto Alegre e daqui fazerem voos domésticos ou de curta distância, como no caso da Argentina, aproveitando-se de uma fiscalização menos rigorosa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.