• Porto Alegre, 13/07/2024
  • A +
  • A -
Publicidade

Grêmio busca empate frustrante com o Atlético-GO e segue no Z4 do Brasileirão

Reinaldo marcou para o Tricolor no 1 a 1 com o Dragão, em Goiânia


Grêmio busca empate frustrante com o Atlético-GO e segue no Z4 do Brasileirão Atlético-GO e Grêmio empataram por 1 a 1 | Foto: Ingryd Oliveira / Atlético-GO /


O Grêmio segue sem vencer e afundado na zona do rebaixamento do Brasileirão. Nesta quarta-feira, saiu atrás e teve de lutar muito para empatar contra um Atlético-GO de poucos recursos técnicos. O 1 a 1 veio no final da partida no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia, pela 12ª rodada da competição nacional.

Com o resultado, o Tricolor chega aos sete pontos e segue na vice-lanterna. Já o Dragão alcançou os 10 pontos e ocupa a 16ª colocação.

No domingo, às 16h, o Grêmio recebe o Fluminense, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul. Já os goianos voltam a campo, também no domingo, para enfrentar o Atlético-MG, às 11h, na Arena MRV, em Belo Horizonte.

Superioridade do Dragão

Com o apoio da torcida, o Atlético-GO começou melhor e quase abriu o placar na primeira finalização. Aos 2, Emiliano Rodríguez lançou Baralhas, que limpou Gustavo Martins e chutou na saída de Marchesín. A bola passou perto da trave direita. Quatro minutos depois, o Tricolor respondeu com Pavón. O argentino recebeu de Galdino pela esquerda, ajeitou para a perna direita e finalizou para fora. Os donos da casa seguiram superiores e criaram nova chance aos 9. Emiliano Rodríguez ajeitou para Shaylon, que bateu e a bola desviou em Kannemann antes de sair pela linha de fundo.

Aos 14, Luiz Fernando abriu na esquerda para Guilherme Romão, que entrou na área e finalizou para defesa de Marchesín. Três minutos mais tarde, Rhaldney lançou para Emiliano Rodríguez, que dominou no peito e bateu sem deixar a bola cair, levando perigo à meta tricolor.

Insatisfeito com a atuação da equipe, Renato Portaluppi não esperou o intervalo para fazer mudanças. Aos 31, Gustavo Nunes e Nathan Fernandes entraram nos lugares de Pavón e Galdino, respectivamente. Mas foi o Dragão que voltou a assustar aos 40. Luiz Fernando fez boa jogada pelo meio, avançou e concluiu para fora, com perigo ao gol de Marchesín.

Susto e igualdade

Logo com um minuto da etapa final, o Atlético-GO chegou com perigo. Kannemann afastou mal e Maguinho finalizou de pé esquerdo, mas a bola passou por cima do gol de Marchesín. Aos 5, Cristaldo soltou a bomba de fora da área e Ronaldo espalmou. Cinco minutos depois, Cristaldo cobrou falta direto para o gol e o goleiro do Dragão espalmou mais uma vez.

Um pouco mais presente no campo de ataque, o Tricolor quase abriu o placar aos 17. João Pedro fez ótima jogada pela direita e rolou para Cristaldo, que finalizou no canto esquerdo. Ronaldo se esticou todo e conseguiu espalmar para escanteio.

Mas o castigo veio em seguida. O Atlético-GO abriu o placar na bola aérea, em falha de Kannemann. Aos 26, Shaylon levantou na segunda trave e Tubarão bateu para o meio da área. O zagueiro argentino desviou e, antes da bola sair, Luiz Felipe marcou de peito: 1 a 0.

Renato foi para o tudo ou nada, sacando Gustavo Martins da zaga e Pepê. Entraram Edenilson e Du Queiroz. Na busca pelo empate e na pressão, o Tricolor contou com a sorte. Aos 36, Cristaldo cobrou escanteio curto para Reinaldo, que soltou a bomba da entrada da grande área. A bola desviou em Derek e morreu no fundo das redes de Ronaldo para um frustrante, mas salvador 1 a 1.







COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.