Magaldi
sheik
CARMENS TOPO
casa da linguiça
sheik
SÃO LEOPOLDO

Jovem baleada no rosto em São Leopoldo está em estado grave

Mulher de 20 anos foi atingida pelo ex-namorado na loja da família

07/08/2019 19h52
Por: Fabrício Vieira
Fonte: Correio do Povo
254

Está em estado grave a jovem baleada no centro de São Leopoldo no final da manhã desta quarta-feira. Vitória Suelen Coimbra da Silva, de 20 anos, estava trabalhando no caixa do bazar da família, localizado na esquina das ruas Independência com Osvaldo Aranha, quando o ex-namorado chegou exigindo que ela entregasse seu telefone celular. Diante da negativa da moça, ele disparou contra o rosto da mulher, que foi socorrida por taxistas de um ponto próximo do local e levada ao Hospital Centenário. Ela passou por cirurgia na tarde e segue internada.

A Brigada Militar está fazendo a segurança da jovem na casa de saúde, já que o ex-companheiro segue foragido. De acordo com registros da Polícia Civil, que investiga o caso, a vítima tinha uma medida protetiva contra o homem.O caso chamou a atenção de quem transitava pelo Centro da cidade justamente porque estão ocorrendo ações de conscientização do combate a violência doméstica e a casos de feminicídio, pelos 13 anos da Lei Maria da Penha na área central. 

A Secretaria de Políticas para Mulheres (Sepom) está promovendo uma ação de panfletagem sobre o assunto a fim de orientar a população sobre a importância da lei, em frente a Escola Estadual de Ensino Fundamental Visconde, na Independência, e a mesma ação é realizada pela Procuradoria Especial da Mulher, no Paradão de Ônibus Triângulo, também na área central. A Delegacia de Pronto Atendimento de São Leopoldo conta com a Sala das Margaridas, ambiente para atendimento especial às pessoas em situação de vulnerabilidade.

Além disso, este ano será inaugurada a Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) de São Leopoldo. “Promovemos projetos nas escolas, que leva o debate sobre igualdade de gênero para dentro do ambiente escolar. O projeto trabalha o empoderamento feminino e visa propagar uma cultura de não violência entre os jovens”, afirma a titular da Sepom, Vanessa Saraiva. Neste sentido, a secretaria ainda realiza atividades nos bairros do município, como rodas de conversa para refletir sobre a posição da mulher na sociedade.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários